Quer aprender a vender mais?
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
FECHAR

O Oscar dos corretores


Post de Claudio Diogo em 7/10/14 | Comenários: 0

Certa vez um casal de amigos que estava completando três meses de casa nova convidou minha esposa e eu para jantar.

Munida de um buquê de flores, deixei minha esposa na frente do prédio deles e fui procurar uma vaga para estacionar. Assim que desci do carro, reparei que meu porta-trecos do carro estava cheio de folders de corretores de imóveis, afinal, também estávamos procurando nossa “casa nova”.

Assim que entramos fomos convidados a fazer o tradicional tour pelo apartamento novo. Depois, nosso anfitrião propôs um brinde. Reunidos na sala e em tom solene, ele nos contou:

– Esta champagne, que abrimos agora, foi enviada hoje pelo corretor que nos vendeu o apartamento. Viva!

Imediatamente ao brinde, respondi:

– O quê? O corretor enviou uma champagne depois de três meses do fechamento da venda?

Ao que meu amigo respondeu:

– Sim, Oscar sempre se manteve atencioso com a gente, desde o momento que nos mostramos interessados em um imóvel, até agora. Pesquisou nosso estilo de vida antes de nos mostrar as opções, nos orientou na melhor forma de aquisição e sempre nos mantêm informados sobre a valorização do nosso imóvel e do mercado. Aliás, ele foi indicado por um amigo nosso e nós já o indicamos a outros amigos. Vale a pena, hein? Um ótimo profissional!

MINHA EXPERIÊNCIA COM CORRETORES

corretores

Sentei no sofá com um sentimento misto de tristeza e inquietude. Comecei a lembrar que naqueles últimos meses tinha visitado uns dez plantões de vendas e em nenhum deles tinha encontrado um corretor de verdade.

Gostaria que um corretor se interessasse por meus problemas, fizesse perguntas sobre meus gostos e costumes e conseguisse montar um quadro de benefícios que eu e minha família precisamos para viver bem e felizes – para, aí sim, indicar um imóvel que suprisse essas necessidades.

Em todos os plantões que visitei, ninguém me fez perguntas. Foram imediatamente me entregando folders e desandando a falar sobre as características dos empreendimentos, mesmo sem saber quais minhas necessidades e desejos.

Descobri que o foco destes profissionais é o produto, e não o que ele pode proporcionar aos seus clientes.

Nas demonstrações, nos subestimam ao ponto de nos tratar como deficientes visuais. Um deles nos conduziu por um apartamento e a cada peça que entrávamos nos dizia o nome dela. Na cozinha, ele nos informou:

– Esta é a cozinha!

Quando chegamos à sacada, ele, num tom espetacular, nos apontou:

– Está é a sacada!

Às vezes penso que estão fazendo tudo para que eu não compre um imóvel.

claudio-diogo-06Com o jantar terminado, nos despedimos e voltei a abrir o meu carro e deparar com a porta forrada de folders de imóveis.

Amassei todos em um único lote e joguei na lata de lixo mais próxima.

Naquele momento eu já tinha o corretor certo a procurar. O corretor que iria me ajudar a tomar a melhor decisão, para mim e minha família, e ainda depois de três meses ainda iria me enviar uma champagne para comemorar isso tudo.

– Alô? É o Oscar?

Pense nisso. E seja você também um Oscar dos corretores, dos seguradores, dos profissionais de vendas!

Claudio Diogo

Os mais de 30 anos de experiência conferiram a Claudio Diogo uma experiência singular em vendas. Seus exemplos, práticos e interessantes, vão ajudar sua equipe a entender o que é preciso fazer para vender mais e melhor; para ajudar os clientes a tomar a melhor decisão para ambas as partes. Entre em contato conosco pelo telefone (41) 3343-2819, pelo e-mail contato@tekoare.com ou pelo formulário abaixo para saber mais

Contrate Claudio Diogo

Preencha o formulário abaixo para receber um contato da nossa equipe de vendas ou ligue 41-3343-2819.

Veja também:





0 comentários em "O Oscar dos corretores"

Deixe seu comentário!

Comentar