Quer aprender a vender mais?
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
FECHAR

Liderança em Vendas: o exemplo que traz resultado


Post de Claudio Diogo em 5/02/13 | Comenários: 0

Artigos(2)Por Claudio Diogo

 

A mais fundamental missão de um gerente de vendas é, sem dúvida, a de educar – no sentido amplo da palavra mesmo!

Pode parecer piegas, mas o líder tem de assumir muitas vezes o papel de “mãe” e “pai” de sua equipe, e assim acabar reforçando a educação, a formação do caráter e a consolidação de princípios morais e éticos.

Liderar uma equipe é muito mais do que gerenciar uma equipe. Algumas vezes é preciso ensinar seus comandados a se portar como ser humano, como marido/esposa, pai/mãe, e até mesmo a superar dificuldades.

As pessoas não poderão mudar se nada for feito para educá-las ou reeducá-las!

Mas como educar?

Contudo, o processo de educação depende de um fator importante: nenhum vendedor acreditará naquilo que seu líder diz se não observá-lo praticando aquilo que prega.

Muitos líderes passam o tempo todo cobrando alguns padrões de desempenho e atitudes de suas equipes, sendo que eles próprios não os praticam.

Cobram mais entusiasmo e maior dedicação, mas demonstram má vontade para com a organização.

Exigem energia dos vendedores na atenção com o cliente, mas são os primeiros a não ostentar energia vital e a mostrar desatenção com os clientes.

Na realidade, uma equipe de vendas é a “cara” de seu líder. O líder de vendas será sempre o modelo que inspirará comportamentos e atitudes das pessoas que formam sua equipe.

Seus vendedores acabam por “imitá-lo” nos mínimos detalhes, e acabam praticando tudo o que ele transmite e vive – tanto no aspecto positivo quanto no negativo.

A equipe, como um todo, espera do líder padrões superiores de desempenho. Esperam que ele seja o melhor vendedor, o melhor amigo, o mais culto, mais informado, melhor conhecedor dos produtos, mais simpático e mais controlado.

O líder tem a dura responsabilidade de não poder falhar, não poder frustrar as expectativas da equipe sob pena de perder a confiança dela.

Em síntese: o líder de vendas é o centro das atenções de toda equipe o tempo todo e em todo lugar. É o exemplo constante de atuação.

Aí vale a máxima da liderança no varejo: “Existem somente três formas de ensinar: com exemplos, através do exemplo e pelo exemplo”.

Pense nisso!

Veja também:





0 comentários em "Liderança em Vendas: o exemplo que traz resultado"

Deixe seu comentário!

Comentar